Você conhece o termo Self Service Analytics ?

Segundo o  Gartner, Self-Service Analytics  é uma forma de inteligência de negócios (BI) na qual os profissionais da linha de negócios são habilitados e incentivados a realizar consultas e gerar relatórios por conta própria, com suporte nominal de TI. A análise de autoatendimento geralmente é caracterizada por ferramentas de BI simples de usar com recursos analíticos básicos e um modelo de dados subjacente que foi simplificado ou reduzido para facilitar o entendimento e o acesso direto aos dados.

Nesse sentido, os profissionais que lideram ou fazem parte de equipes responsáveis pela tomada de decisão nas empresas são empoderados para que eles mesmos consigam preparar os dados, elaborar um relatório gerencial e até mesmo gerar um modelo preditivo, sem depender integralmente dos profissionais do departamento de tecnologia da informação. 

Isso não siginifica que os profissionais de tecnologia não serão mais necessários, e sim serão direcionados para desenvolver outro tipo de trabalho, como fazer com que os dados cheguem aos departamentos, tendo uma equipe bem consistente de engenharia de dados e de desenvolvimento.

A graduação em Sistemas de Informação leva esse conceito ao patamar de pós-graduação, lançando o curso pioneiro de Self Service Analytics aplicado ao Marketing, na modalidade 100% EAD, com aulas ao vivo, totalizando 420 horas de curso. 

Empodere-se já e conheça mais clicando AQUI.

Diferenciando protótipo de MVP

Embora frequentemente confundidos, o protótipo e o MVP (Produto Mínimo Viável) assumem funções distintas no processo de desenvolvimento de produtos, especialmente no contexto de