Horror lúdico com sci-fi: conheça SIGNALIS

Se você perguntar para jogadores de games quais títulos estão entre seus preferidos, principalmente mas nada limitado a aqueles um pouco mais velhos, há boa chance que você encontrará os nomes “Resident Evil” e “Silent Hill” lá. Ambos jogos são clássicos do gênero de Survival Horror, onde o estilo é uma mistura de ação com terror no jogo, criando batalhas difíceis e que raramente pode ser resolvidas com força bruta, ao mesmo tempo que você explora um ambiente assustador, manuseando seus recursos para sobreviver o próximo monstro que te encontrar. No entanto para muitos, os estilos dessas franquias, especialmente Resident Evil, embora ainda apreciados, mudaram das primeiras versões, onde o foco era a exploração numa visão de 3a pessoa quase observadora, vendo os personagens quase de cima, para maior foco em ação e grandes batalhas na visão de 1a pessoa.

Esse retorno ao estilo dos clássicos é muito procurado, tanto que até hoje você verá pessoas jogando pela primeira vez ou novamente os títulos antigos, ou procurando novos jogos que possam preencher esse nicho. É com inspiração nesses jogos e com a força para atrair os fãs do estilo que o jogo de Survival Horror Signalis foi lançado em 25 de Outubro pela desenvolvedora Rose-engine e publicado pela Humble Games. 

Em Signalis você não enfrenta zumbis e monstros místicos num equivalente do mundo moderno, o cenário é sci-fi, e você joga com uma técnica de naves especiais que acaba de acordar de um sono congelado numa nave abandonada, e deve navegar seus corredores procurando uma escapatória enquanto descobre o mistério de o que está acontecendo ao seu redor, e enfrentando terríveis horrores no caminho. Se você quer checar a força dos seus nervos, cheque Signalis.

Diferenciando protótipo de MVP

Embora frequentemente confundidos, o protótipo e o MVP (Produto Mínimo Viável) assumem funções distintas no processo de desenvolvimento de produtos, especialmente no contexto de