Andando pelo apocalipse com pés felinos

Algum dia imaginou como seria se tornar um gato e andar por aí e ver o mundo como um deles? Pois o jogo “Stray”, lançado no fim do mês passado, desenvolvido pela BlueTwelve Studio e publicado pela Annapurna Interactive busca satisfazer exatamente essa ideia. Stray coloca o jogador no controle de um gato percorrendo cidade futurística desolada e destruída populada por robôs e criaturas monstruosas.

O game representa os comportamentos dos gatos por meio do modelo 3D, layout do cenário e pequenos detalhes (como miar e derrubar pequenos objetos espalhados pelo mapa). Até mesmo outros gatos e cachorros ficam confusos quando percebem o que está acontecendo na tela.

Diferenciando protótipo de MVP

Embora frequentemente confundidos, o protótipo e o MVP (Produto Mínimo Viável) assumem funções distintas no processo de desenvolvimento de produtos, especialmente no contexto de