As diferenças entre KPI e OKR

KPIs (Key Performance Indicators) e OKRs (Objectives and Key Results) são ferramentas de gestão que visam auxiliar empresas na definição e acompanhamento de metas. Apesar de algumas similaridades, como a mensuração de resultados, cada método possui características e aplicações distintas.

KPIs são indicadores-chave de desempenho que medem o sucesso de um processo específico. São métricas que monitoram o progresso em áreas como vendas, marketing, produção e atendimento ao cliente. Por exemplo, um KPI para vendas pode ser o número de leads gerados por mês.

OKRs, por outro lado, são um sistema de definição de objetivos ambiciosos e mensuráveis. A sigla significa “Objectives and Key Results”, ou seja, “Objetivos e Resultados-Chave”. Cada objetivo é definido de forma qualitativa e acompanhado por um conjunto de resultados-chave mensuráveis. Por exemplo, um objetivo OKR para a empresa pode ser “Aumentar a satisfação do cliente em 10%”. Os resultados-chave para este objetivo podem ser:

1.Aumentar a taxa de resolução de problemas na primeira chamada em 5%.
2.Reduzir o tempo médio de espera em 20%.
3.Aumentar a pontuação de satisfação do cliente em 1 ponto.
4.A principal diferença entre KPIs e OKRs reside na sua finalidade. KPIs são focados em medir o desempenho de processos já existentes, enquanto OKRs visam definir e alcançar objetivos ambiciosos.

Em resumo, os KPIs fornecem uma visão do desempenho passado e presente, enquanto os OKRs definem o caminho para o futuro.

Boas referências para UX e UI

Uma das disciplinas introdutórias do curso de Ciência de Dados e Negócios da ESPM é a de UX/UI. Nela, os estudantes estudam os princípios