O DNA ESPM é o diferencial no mercado de trabalho

Bruno Mendez, ex-aluno do curso de Sistemas de Informação da ESPM-SP, conta um pouco da sua experiência como universitário na instituição. Atualmente, atua na área de inteligência de vendas na Red Bull e afirma que, apesar de não usufruir muito da parte técnica do curso, o raciocínio lógico, e a comunicação que ele conseguiu desenvolver durante sua trajetória como universitário lhe trouxeram muita bagagem ao atuar no mundo corporativo. 

De acordo com o Bruno, por mais que o curso seja bastante técnico, a ESPM forneceu uma ótima base dentro da área de comunicação, deixando-o na frente na hora de buscar um estágio. Um conselho que ele dá para os atuais e futuros alunos é “Aproveitar que é um curso que te abre muitas portas, muito além da parte técnica.”. Para ele, o mercado carece de profissionais que tenham a base técnica que Sistemas de Informações fornece, mas vão além disso e têm conhecimento sobre comunicação e negócios. 

Além de ser um curso que engloba conhecimentos sobre comunicação, Bruno conta que não faria Sistemas de Informação em nenhuma outra faculdade se não a ESPM, isso pelo formato exclusivo da graduação. 

Diferente de outras universidades, na ESPM, o estudante tem liberdade a partir do quarto semestre para a montagem de sua grade horária, podendo englobar disciplinas de outras graduações para agregar conhecimento em seu currículo. 

Conheça mais sobre Bruno: https://www.linkedin.com/in/bmendez1999/

Por Thais Chehab e Ana Luisa Gomes

Boas referências para UX e UI

Uma das disciplinas introdutórias do curso de Ciência de Dados e Negócios da ESPM é a de UX/UI. Nela, os estudantes estudam os princípios