Conheça a cobra ciborgue!

Por volta de 150 milhões de anos atrás as cobras que hoje vemos rastejar pelo mundo, andavam por aí com suas próprias pernas, no entanto a evolução tomou conta de remover delas tal característica, embora elas não pareçam se importar tanto com a falta delas. No entanto, uma pessoa mais que todas mostrou se importar com essa injustiça feita à espécie.

Essa pessoa é Allan Pan, um Youtuber que faz diversas criações robóticas além de diversos tipos de invenções em seu canal. Anteriormente acusado por viewers de seu canal de cometer crueldade contra cobras após liberar uma cobra selvagem, ele decidiu refutar essas acusações com um ato que verdadeiramente demonstraria seu amor pelas cobras. Sua solução foi a criação de um exoesqueleto robótico capaz de simular o padrão de movimento de espécies de répteis parentes às cobras, e capaz de seguir de certa forma o movimento da cobra dentro para determinar um caminho de movimento.

Após procurar um especialista em criação de cobras e um pouco de esforço em encontrar uma cobra amigável e corajosa o suficiente pra entrar no exoesqueleto. Ele finalmente teve sucesso no seu experimento quando o animal finalmente tomou sua posição e começou a andar junto com a máquina, parecendo até mesmo gostar da experiência, até seu movimento ser interrompido por uma cadeira.

Enquanto a ideia de membros prostéticos para pessoas já seja um conceito cada vez mais explorado atualmente, não dá pra discutir que aplicá-los a membros perdidos por uma espécie milhões de anos atrás não é inovador, ou que Allan não é um verdadeiro amante das cobras?

Diferenciando protótipo de MVP

Embora frequentemente confundidos, o protótipo e o MVP (Produto Mínimo Viável) assumem funções distintas no processo de desenvolvimento de produtos, especialmente no contexto de