Boca ou cavanhaque? Um paradigma filosófico no Steve de Minecraft

Por Carlos Rafael Gimenes das Neves

Algumas pessoas consideram videogames como “coisa de criança” (especialmente os adultos da época quando eu era criança, nos saudosos anos 1990 😅). Ao longo desses mais de 30 anos, esse cenário mudou, e muito! Ainda há quem ache videogames como sendo “coisa de criança”, mas, felizmente, é uma visão de uma parcela cada vez menor da população! Também pudera, considerando que o mercado de videogame movimenta cifras na casa de bilhões, só aqui no Brasil.

Apesar dos valores astronômicos, não é necessário recorrer a cifras e relatórios de mercado para entender que videogame com certeza não é “coisa de criança”. Graças a serviços de vídeo online, como o YouTube, é possível medir o interesse sobre determinados temas com base na quantidade de vídeos assistidos daquele tema. Eis que vídeos sobre jogos figuram entre as categorias mais assistidas por todas as idades. Mas, dentre todos os jogos assistidos no YouTube, um merece atenção especial: Minecraft!

O jogo de bloquinhos foi o primeiro a ter uma soma acumulada de mais de 1 trilhão de visualizações! Um marco histórico!!! 💖

Como não podia deixar de ser, um jogo dessa dimensão tem diversas comunidades de jogadores e fãs. Quanto mais gente envolvida, mais opiniões e pontos de vista diferentes vêm à tona, dando origem a muitas fofocas, lendas e outros temas tabu dentro da comunidade. Uma das primeiras lendas a tomar grandes proporções na comunidade do jogo foi o Herobrine, uma espécie de personagem maligno que “surge do nada” e começa a fazer coisas estranhas no seu jogo (ainda bem que ele é só uma lenda 😅).

Além do Herobrine, daria para criar uma lista com centenas de outras lendas e assuntos tabu do jogo… O que até seria engraçado, mas não muito prático para o momento! 😅 Então, resolvi trazer um assunto em específico que, apesar de ainda ser ponto de grandes discussões no Discord e no Reddit, na modesta opinião desta pessoa que aqui escreve, já é um assunto resolvido: o personagem principal, Steve, tem um cavanhaque ou apenas uma boca grande que fica sorrindo o tempo todo?

A discussão chegou a tal ponto que a própria Mojang, criadora do jogo, decidiu entrar na brincadeira e colocar mais lenha na fogueira, criando dois elementos de personalização de personagens iguais, mas com nomes diferentes: “Boca do Steve?” e “Barba do Steve?”. Reparem que a interrogação no final é justamente para não dar uma resposta, apenas para esquentar as discussões!

Pois bem! Como Minecraft faz parte integrante do primeiro semestre do curso de Sistema de Informação da ESPM, desde agosto de 2022, resolvi trazer essa questão aqui para tentar responder o que poderia ser uma discussão de sala de aula! Como já disse antes, na minha modesta opinião esse assunto foi resolvido pela própria Mojang em junho de 2020, nesse vídeo aqui:

Entre o momento 0:49 e 0:51, é possível ver o Steve mastigando um bife, com sua boca mexendo, boca a qual prova que ele possui um cavanhaque afinal de contas! 😅😅😅

Para mim isso quer dizer assunto encerrado! 😊 Mas, é claro que muita gente vai discordar de mim por qualquer que seja o motivo, como “o vídeo é antigo”, “em outro vídeo o rosto dele está desta outra forma”, e por aí vai!

E aí, concorda com isso? Discorda? Corre lá no Instagram do curso e deixe seu comentário sobre esse assunto polêmico! 😅

Diferenciando protótipo de MVP

Embora frequentemente confundidos, o protótipo e o MVP (Produto Mínimo Viável) assumem funções distintas no processo de desenvolvimento de produtos, especialmente no contexto de